Opinião – Um Beijo na Escuridão


Editora: Saída de Emergência / 2008
ISBN: 9789896370794
Formato: Capa mole
Dimensões: 16 x 23
Núm. páginas: 256
PVP: 17,93€

Sinopse:

A Autora que está a conquistar as fãs de Nora Roberts!

É um trabalho mortal. Eficiente, profissional, e sem remorsos, Lily Mansfield é uma assassina contratada que trabalha como agente da CIA. Os alvos dela são os poderosos e os corruptos. Os que estão acima da lei. Agora, depois de dezanove anos no activo, Lily foi atraída para um perigoso jogo: procurar vingança pela morte dos que lhe eram próximos. Com cada movimentação mais genial que a anterior, ela está a comprometer os seus superiores, atraindo atenções indesejadas e colocando em risco a sua própria vida. Lily sente-se invencível, mas mesmo ela pode ser eliminada se cometer o mais pequeno erro. Se tiver que ser, assim seja, Lily não pretende morrer sem dar luta. Lucas Swain, um agente da CIA, tem ordens simples: trazê-la viva ou morta. No entanto, também ele é atraído para o jogo de Lily, e dança na corda bamba, tentando evitar um incidente internacional enquanto luta contra um obstinado inimigo que lhes segue cada passo. Fascinado pela extrema inteligência de cada movimento dela, conseguirá Lucas terminar a sua missão? Lily vai descobrir o quão letal é o seu caminho… e o quanto a lealdade tem um preço. 

Opinião:
Um Beijo na Escuridão é o primeiro livro que leio da autora Linda Howard. Este livro é parte integrante de uma trilogia e que infelizmente é a terceira e última parte dessa compilação. Como gostei desta leitura e tendo já ido pesquisar sobre os volumes anteriores é com pena que aufiro que a autora não teve sucesso suficiente no nosso país que permita a publicação dos restantes volumes.

Este livro transporta-nos para a vida arriscada e algo entusiástica de dois agentes da CIA.  Lily Mansfield e Lucas Swain, personagens principais desta aventura, vêem-se neste livro envolvidos numa situação de interesses mundiais e altamente perigosa.
Lily quer vingar a morte dos seus maiores e mais importantes amigos e também de Zia, uma menina a quem ela deu abrigo depois de a encontrar abandonada. Esta acaba por comprometer, através da sua vingança pessoal, a sua situação na CIA e Lucas é então enviado para a capturar e minorar os danos que ela possa a fazer a possíveis informadores da Central Intelligence Agency.
No entanto, Lucas acaba por simpatizar com os objectivos de Lily e juntos vão tentar salvar a população mundial de uma crise, onde eles vão próprios irão estar entre a vida e a morte e enquanto paralelamente também acabam por descobrir o amor.

A autora construiu um enredo viciante e com a sua escrita consegue transportar o leitor para este mundo de intriga e de espionagem. Com uma acção digna dos filmes de Hollywood, Linda Howard leva-nos nesta viagem alucinante em que o Bem luta contra o Mal.
Um jogo de traição e de interesses diversos, que envolvem assuntos bastante em voga e actuais, como a gripe e a indústria que desenvolve as vacinas preventivas para estes surtos, o mistério e suspense envolve o leitor até as páginas finais.

 O final, na minha opinião, acabou por não estar à altura das expectativas, por ter sido algo precipitado. Preferia ter visto um desenvolvimento maior, especialmente no que toca aos sentimentos dos personagens principais. A autora só teria ganho com uma explicação melhor nas páginas finais.
Houve aspectos que acabaram por não ser explorados, o que se ressentiu na avaliação global do livro. 
O final sabe a pouco, comparativamente ao resto da acção do livro.

Contudo, a experiência foi positiva e pretendo ler os restantes livros que foram publicados em Português, com os títulos “Nunca te Perdi” e “Íntimo e Perigoso”.
Como nota adicional, refiro apenas que também adquiri os volumes anteriores desta trilogia que me suscitou a curiosidade para outros personagens que apareceram e que poderão ter mais destaque nos outros livros.

Para quem gosta de um livro policial aventureiro e com um toque de romance à mistura, recomendo a leitura deste livro pequeno, mas que atrai as atenções.

Classificação: 3,5 – 5