Percy Jackson e a Maldição do Titã

Uma chamada urgente e aflita do amigo Grover é o sinal para Percy Jackson da iminência de mais uma batalha memorável. É também hora de convocar todos os seus poderosos aliados semideuses, de pegar na sua confiável espada de bronze e¿ ter a ajuda de sua mãe. Os semideuses correm imediatamente em seu auxílio e descobrem que Grover fez um importante achado: dois poderosos meio-sangues, Bianca e Nico di Angelo, cujo parentesco é desconhecido. Mas não é só isso que os espera. O titã Cronos criou a sua mais traiçoeira estratégia, e os jovens heróis caíram como presas indefesas. Mas não são os únicos em perigo. Um antigo monstro – que dizem ser tão poderoso que poderia destruir o Olimpo – ressurgiu e Artemis, a única deusa que parece saber como combatê-lo, está desaparecida. Percy e os seus amigos juntam-se aos Caçadores de Artemis e têm apenas uma semana para encontrar a deusa desaparecida e desvendar o mistério sobre este terrível monstro. Pelo caminho eles enfrentarão o seu mais perigoso desafio: a petrificante profecia da maldição do titã.

ISBN: 9789724620251 – Casa das Letras (Leya) / 2011 – 336 páginas


Este é o terceiro volume da série Percy Jackson, série esta que não consigo largar de tão viciada que estou. Estes livros são incrivelmente compulsivos e estou muito contente por estes se terem cruzado no meu caminho. Tenho lido os livros todos de seguida, numa autêntica maratona de Percy Jackson e companhia. Como disse nas minhas opiniões aos livros anteriores (que conseguem encontrar aqui e aqui) fiz vários elogios à escrita de Rick Riordan, os quais mantenho neste volume. A forma como ele conduz o seu enredo e a sua história é incrivelmente fluída e integra o leitor nas aventuras os personagens, de maneira que se torna difícil separarmo-nos destas histórias. O segundo volume tinha acabado de forma muito abrupta, com o conhecimento de que algo importante viria a caminho das vidas de Jackson e companhia e por isso, este terceiro livro prometia muitas revelações bombásticas.
Foi sem dúvida um volume cheio de acção, à semelhança dos seus anteriores, em que Percy, Thalia e Annabeth junto com outros companheiros vêem-se a par de uma profecia que os assombra há muito tempo. Estes estão numa batalha constante contra o grande Deus Titã, Kronos, que ameaça o reinado dos Deuses do Olimpo.
Esta será a primeira vez que digo que o relato de Percy não me parece demasiado adulto para a idade que o autor lhe deu, porque a esta altura do campeonato, Percy tem já 14 anos e agora sim, sinto que as suas palavras já estão à altura da idade que ele tem.
Estes livros são sempre cheios de movimento e nunca se tornam aborrecidos. A cada capítulo acontece sempre algo que nos impele a continuar a leitura de forma ávida e isso, aliado à escrita do autor, ajuda a que estes livros sejam lidos de um momento para o outro, com incrível facilidade. Por outro lado, simplesmente adoro a maneira como o autor trouxe de novo à vida a mitologia grega. É simplesmente fantástico. Este é um universo muito rico, que o autor sabe explorar como ninguém. Apesar de ser um tema que me interessa, a forma como o autor deu uma nova perspectiva a estas figuras mitológicas e às suas personalidades, foi algo que me conquistou irremediavelmente.
E como não poderia deixar de ser, este livro também acaba de uma forma que é impossível não ir a correr ler o quarto livro. Coisa que não perdi tempo a fazer. Os últimos dois livros da série ainda prometem oferecer muito e eu estou ansiosa para saber mais.
Como última nota, estou ansiosa para saber quais serão os destinos de Annabeth, de Rachel, de Grover e claro: do grande herói Percy.

4

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s