Beijo

Izzy um dia vai ser famosa. A indústria da música é que ainda não a descobriu. A irrepreensível Izzy tem um talento fascinante, dois namorados perfeitos e uma filha para lhe organizar a vida. Basicamente, uma vida de sonho. Já a vida de Gina não podia ser mais infernal. O cretino do marido acaba de fugir com a amante grávida. E ela sente-se destroçada quando derruba acidentalmente Izzy da sua moto. Porém, não é propriamente o fim do mundo, pois não? Apenas uma perna partida. Mas o mundo de Gina, como ela o conhece, está prestes a ficar de pernas para o ar. Izzy e a filha Kat foram catapultadas para dentro da sua vida, antes tão metódica. Pior, Izzy está de olho no melhor amigo de Gina, Sam, que é lindo de morrer. Como acabará tudo? Numa torrente de lágrimas ou num beijo inesquecível?

ISBN: 9789897100468 – Saída de Emergência (Chá das Cinco) / 2013 – 354 páginas

O Regresso do Rei - Senhor dos Anéis, Vol.3

Quem já conhece os livros da autora Jill Mansell não vai encontrar encontrar nada de diferente neste Beijo. O enredo, a construção das personagens e o desenvolvimento da história deste livro tem decididamente a marca da autora e para os fãs isso tanto pode constituir um conforto ou simplesmente mais do mesmo. Eu, que até gosto bastante da autora (embora já tenha gostado mais) confesso que me sinto dividida entre essas duas realidades. Por um lado, é bom abrir um livro e saber o que vou encontrar. Uma história leve, com algumas situações caricatas, umas mais divertidas que outras mas encontro sobretudo uma leitura leve propícia para a descontracção. Contudo, depois de já ter lido tantos livros da autora começo a acusar algum cansaço pelas facto de as histórias serem sempre todas iguais, só mudam os nomes das personagens e as situações caricatas. E ainda mais, os livros mais recentes da autora não se têm relevado assim tão divertidos quanto isso.
Enquanto alguns livros mais antigos da autora me fizeram dar umas valentes gargalhadas, estes últimos têm-se relevado um pouco aquém das expectativas nesse aspecto. Por vezes a autora envereda por caminhos que não são inteiramente do meu agrado e eu acabo por ficar um pouco frustrada com a leitura. E estas situações de que falo – não as revelo para não vos estragar a vossa leitura – eram inteiramente dispensáveis para o desenvolvimento da personagem.
Neste livro em específico aconteceu-me com a personagem de Katerina, a filha da protagonista deste livro. Não gostei da forma como a autora desenvolveu esta personagem e aquilo que de início parecia ser promissor relevou-se uma desilusão.
É costume a autora nos seus livros explorar diversos casais simultaneamente ao longo do livro e isso até tem a sua graça, mas creio que ela neste excedeu-se um pouco com as trocas e reviravoltas.
Concluindo, posso dizer que li o livro com gosto, foi uma leitura que se fez sem sobressaltos mas este livro está longe de ser um dos melhores da autora ou mesmo um dos mais divertidos ou românticos. Vale a pena pelo entretenimento e pelos finais felizes, mas é com alguma tristeza que verifico que esta autora já não me diz tanto quanto outrora dizia.
Ainda conto ler os dois livros dela mais recentes, mas não o farei para já.

Pássaros Feridos

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s