Quando Te Deixar

Eis Macy Queen, Miss Perfeição, o sonho de qualquer mãe. Boa aluna. Praticante de ioga. Um namorado estável. Um futuro brilhante, completamente planeado, à sua frente. Mas estas férias de Verão prometem trazer algum caos a uma vida tão organizadinha… Com o namorado, Jason, fora da cidade, a rotina de Macy divide-se entre um emprego de férias, na biblioteca local, e a mãe, afogada no trabalho e sem tempo a perder com os problemas da filha. Um acaso cruza o destino de Macy com o de Delia, uma cozinheira desordeira, e a sua equipa de catering. Entre tachos e panelas, abrem-se as portas a um mundo onde impera o imprevisto. E o imprevisto tem um nome: Wes, um ex-delinquente com enorme talento artístico e uma estranha mania de dizer sempre a verdade. Macy, a marrona, terá afinal de confrontar-se com aquilo que é hoje e com aquilo que pode, afinal, ser. Contudo a mudança tem um preço…

ISBN: 9789727707874 – Livros de Seda / 2010 – 414 páginas


Macy Queen não é uma adolescente como as outras jovens da sua idade. Num dia em que ia estava planeado ir correr com o seu pai, deixou-se estar apenas mais uns minutos na cama, a preguiçar. Contudo, lá se decidiu a levantar e acompanhar o pai nas habituais corridas que faziam a dois. Quando finalmente o conseguiu apanhar, foi para o ver estendido no chão e um dos seus vizinhos a tentar reanimá-lo.  
Acabou por acompanhar o seu pai até ao hospital, mas já nada podia ser feito por ele. Desde que viu o seu pai morrer, a jovem nunca mais foi a mesma. Macy apenas passa pelos dias tentando ser perfeita em tudo, para que a sua mãe se possa orgulhar dela. Este verão, tudo muda, quando Macy – aborrecida no seu trabalho da biblioteca – decide experimentar trabalhar numa empresa de catering. 
E é quando conhece Wes que a sua vida muda para sempre. Também ele é um adolescente que perdeu um dos seus pais e portanto, rapidamente estes os dois criam uma ligação que a maior parte das pessoas à sua volta não consegue perceber. 
Mas rapidamente, começa a existir algo mais entre eles e parece que foi o destino que os juntou. 
Contudo, esta não é a típica relação de adolescentes. Há mais que considerar e quem sabe, se calhar, é preferível deixar que o destino se encarregue da existência ou não de uma relação entre Wes e Macy. 

Este livro foi-me recomendado por uma amiga minha, algo recentemente. Embora já tivesse ouvido falar desta autora, nunca tinha pegado em nenhum livro dela. E como se fosse o destino, esta foi a altura certa para encontrar os livros desta autora. 
A minha estreia com a autora fez-se com este Quando te Deixar e foi uma estreia inesquecível. De todas as maneiras.
Na verdade, eu comecei a ler este livro no início do mês de Fevereiro. Contudo, mal consegui passar das primeiras 30 páginas, porque cedo me apercebi que não era a altura perfeita para ler este livro. De alguma maneira, já sabia que este é daqueles livros que se devem ler na altura certa e com o estado de espírito mais adequado para que seja possível apreciarmos este livro em toda a sua potencialidade. 
E por isso mesmo, decidi fazer uma pausa e esperar que o livro chamasse por mim. E então, há dois dias atrás, a mesma amiga disse-me (quase) urgentemente que era altura de eu pegar no livro novamente. Ela percebe melhor do que eu qual é a melhor altura para eu ler  determinado livro e por isso confiei completamente no julgamento dela e comecei a ler o livro desde o início. 

E uau.
Eu já esperava gostar deste livro, mas aquilo que acabei por sentir com esta leitura, foi algo indefinível. É difícil traduzir estes sentimentos todos por palavras. Este é daqueles livros que dificilmente são definíveis, porque a sua dimensão é algo intangível. 
A história de Macy tocou-me o coração, porque é real, com todas as letras que constituem a palavra. Talvez existam milhares de adolescentes que já tenham passado por isto, mas a verdade é que a história de Macy é algo… única. 
E a história de Macy e do Wes ainda mais única foi. Esta é daquelas histórias que todas nós alguma vez na nossa vida já desejamos que nos aconteça. Este é o tipo de ligação que passamos a vida inteira a tentar encontrar. E é o Destino. 
E não é só na história que este livro se torna único e especial. Eu olho para este livro como um objecto que para além de ser físico, é também algo espiritual. Porque em todas as suas páginas é possível percepcionarmos uma mensagem que não é de facto tangível, mas que está lá nas entrelinhas. 
Por isso é que considero este livro um tesouro. Desde o início que estava sempre a interromper a minha leitura para apontar mais frases, mais sentimentos, mais pensamentos, que acho merecerem ficar para a posteridade. Haverá algo de novo a aprender em cada uma das frases que apontei. 

É este sentimento que procuro quando parto para cada nova leitura. E que é raro de encontrar. 
Esta já se revelou ser das melhores leituras deste ano e só posso agradecer ter descoberto o livro na altura perfeita para o ler. Este é daqueles livros que pode chegar a todas idades e que não tem realmente um limite de corações para tocar. 
Um dos tesouros que vai ficar comigo para sempre. 




3 thoughts on “Quando Te Deixar

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s