Livros versus Tv #11

| daqui |

Este filme, The Adjustment Bureau, foi-me recomendado por uma amiga. Nunca tinha ouvido falar sobre o filme, portanto foi com imensa curiosidade que o comecei a ver. Não estava à espera de gostar tanto.
Embora goste do actor Matt Damon, não posso dizer que delire com os filmes onde ele é protagonista. Sim gosto, mas nenhum em particular me tirou do sério. Ok, se calhar o Identidade Desconhecida. Mesmo assim, a questão é que não esperava que este filme me tirasse do sério. 
Mas na verdade é que eu adorei este filme. Fez-me lembrar aquilo que senti com o Inception. Não consegui tirar os olhos do ecrã e adorei o filme do início ao fim. Fez-me pensar sobre o Destino e sobre tudo aquilo a que nunca conseguimos responder no decurso da nossa vida. 
Fez-me questionar se coincidências serão só e apenas meras coincidências. Além da interpretação de Matt Damon, gostei especialmente das representação de Emily Blunt e do Anthony Mackie. 
O filme em Portugal chama-se Os Agentes do Destino e data de 2011. Uma grande aposta da Universal, que não me deixou indiferente.
De alguma forma, gostaria que esta história fosse continuada. Acho que tem imenso potencial e acho que não nos mostrou tudo o que tinha para dar. 



| daqui |


2 thoughts on “Livros versus Tv #11

  1. Eu simplesmente amei este filme, mas o Inception é um nível completamente diferente. No entanto, compreendo o que quiseste dizer.
    Eu simplesmente adoro o Matt Damon e fiquei bastante desiludida quando ele não apareceu no novo Bourne. Nunca tinha prestado grande atenção à Emily Blunt, mas ela esteve espetacular neste filme.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s