Livros versus Tv #9

| daqui

John Carter. Um homem desaparece para um mundo totalmente diferente do nosso. Ele vai parar ao planeta Marte e lá acaba por se envolver numa guerra civil que pretende determinar quem é que terá controlo sob todo o planeta de Marte.  


O capitão John apenas quer encontrar a maneira de voltar para casa e para a sua gruta de ouro quando percebe que é mais do que isso que está em jogo, quando se apaixona pela princesa de Helium, uma das raças envolvidas na guerra civil.
Sinceramente, não tinha curiosidade nenhuma em ver este filme. Contudo, aqui em casa, disseram-me que era um filme cheio de acção e bastante engraçado. Com alguma curiosidade e a pensar ” Bem, é um filme da Disney. Metade mau não deve ser…” lá fui eu ver o John Carter sentada no sofá, enrolada numa manta e a verdade é que acabei mesmo por gostar do filme. 
Cheio de momentos de acção, com romance à mistura, é um filme que junta o fantástico com a guerra. O facto de o cenário ser em Marte ainda ajuda o torna mais interessante, pois as imagens foram bem trabalhadas e os efeitos visuais não estiveram nada maus. 
Adorei as raças e as nações que Marte aqui nos apresentou. Os tharks contudo, foram os meus favoritos. Como seria ter tantos braços?

O Taylor Kitsch e a Lynn Collins estiveram muitíssimo bem. Adorei constatar que a voz do Tars Tarkas é do Willem Dafoe, nem em mil sonhos conseguiria adivinhar, mas também acho que ele esteve muitíssimo bem.

Pena é que este filme não foi um grande sucesso de bilheteiras e por isso, não há sequela prevista, o que me entristeceu muito. Com tanto filme por aí que não precisava de sequelas, este é um dos que merecia ter e não terá. É pena, pois gostaria realmente que o John Carter não se tivesse ficado por aqui.  

Advertisements

3 thoughts on “Livros versus Tv #9

  1. Concordo contigo, há tantos filmes que são tão maus que não mereciam sequela e que vão ter porque fizeram uma boa bilheteira, mas este, que na minha opinião até está bastante bom, não vai ter porque não atingiu o esperado. É bastante injusto, mas o público é que manda…

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s