Duplo Crime

Ao longo da sua carreira como médica-legista, a doutora Maura Isles já fez muitas autópsias, mas nunca imaginou que um dia o cadáver que veria na marquesa seria exatamente igual a si, a sua dupla perfeita. Um exame de ADN confirma o facto espantoso a Maura, que é filha única: a sósia misteriosa é, com efeito, sua irmã gémea. Ao investigar o homicídio, a detetive Jane Rizzoli irá levar Maura numa perturbadora excursão a um passado recheado de segredos tenebrosos e macabros. Maura quer saber mais sobre a família que nunca conheceu, sobre a mãe que a abandonou, a si e à sua irmã, para descobrir quem realmente é… mas estará preparada para a verdade?











ISBN: 9789722523868 – 11×17 (Bertrand Editora) / 2012




A dupla Rizzoli & Isles volta à carga com este quarto volume, Duplo Crime. Tess Gerritsen tem-se mostrado, livro após livro, uma autora tanto fantástica como aterradora. Os policiais que ela constrói têm tudo o que é necessário para atrair o público. A perícia com que a autora manipula todos os elementos  do enredo é fabulosa e deixa-nos a nós, leitores, boquiabertos a cada passo do caminho. Se eu precisasse de uma justificação para continuar a acompanhar esta autora, este livro seria sem dúvida a minha resposta. Esta série está a melhorar de livro para livro. A olhos vistos. 

Desta vez, é Maura que irá estar debaixo dos holofotes do público – incluindo da pessoa que a quer matar. Quando a Dr. Isles chega a casa depois de uma semana de conferências em Paris, descobre a polícia em sua casa. Mas não são uns agentes da polícia quaisquer. É Jane Rizzoli – detective de homicídios-  sua colega e até amiga, que se encontra à porta de sua casa. Maura sabe logo que alguma coisa tem que estar gravemente errada para Rizzoli se encontrar nas imediações. Mas o que ela não sabe é que o seu mundo estava prestes a virar-se de pernas para o ar. É que a vítima que que foi assassinada com uma bala na cabeça à frente de sua casa, é o retrato exacto de Maura e um teste de ADN confirma o inacreditável: Maura tem uma irmã gémea.
Ao longo da investigação, Maura acaba por desenterrar informações da sua família que se calhar estariam melhor no escuro. E Maura estaria melhor na ignorância. Será?

   
Tess Gerritsen tem vindo livro após livro a mostrar-me o que é um policial bem construído. Embora a estreia com esta autora não tenha sido as das mais fáceis, vim gradualmente a tornar-me uma admiradora fiel do seu trabalho e especialmente desta série Rizzoli & Isles. Esta dupla feminina faz maravilhas e creio poder dizer com absoluta certeza que são das melhores personagens que já encontrei durante a minha experiência literária. Este foi mais um policial que me deixou sem fôlego e inclusive nalgumas passagens me obrigou a olhar sobre o ombro. A maneira como a autora nos deixa na expectativa é fabulosa e é um dos factores que faz desta, uma leitura viciante. 
A escrita da autora é outro dos factores positivos na leitura, embora tenha sido um elemento que tenho vindo gradualmente a absorver, conforme avanço na série. Uma escrita intrincada e com um registo mais sério, algo a que no início não estava tão habituada (e que decerto se deve à formação da autora) faz com que esta série de policiais se torne uma das melhores no género. 

Tess Gerritsen passou com certeza a fazer parte do meu top de autores obrigatórios e tornou-se também autora destaque no género policial/thriller. Para quem gosta de uma leitura com muito suspense e com um caso criminal bem construído, esta será uma óptima escolha.





Opiniões da mesma autora:

   


  

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s