Pura Malícia

Não é que Janey não tenha ficado feliz por ver a irmã, mas ser acordada às sete da manhã por Maxine, trajada de noiva e com escolta policial, não foi bem a maneira como planeara começar o seu domingo. Contudo, a vida nunca é entediante quando Maxine está por perto e Janey, a reconstruir a vida após o desaparecimento do marido, fica encantada com o regresso da irmã. As coisas só começam a aquecer quando Maxine põe a vista em Guy Cassidy, um fotógrafo de moda tão competente quanto deslumbrante – é que Janey sabe que não há limites para as tropelias que a irmã vai fazer para destruir a concorrência. O que elas não sonham é que a concorrência está mais perto de casa do que imaginam… 



ISBN: 9789897100185 – Saída de Emergência (Chá das Cinco) / 2011
Pura Malícia é mais um livro a juntar-se àquela que se está a tornar uma extensa colecção de risos, humor, alegria e muito romance da parte de Jill Mansell. Sendo esta uma autora obrigatória na minha estante e tendo já lido todos os livros que foram publicados em terras lusas, da sua autoria, Pura Malícia não podia faltar com uma opinião aqui no meu cantinho.
Aproveitei o lançamento recente de Paixões À Solta para ter as leituras em dia e como sempre acontece, não fiquei desiludida.
Embora possam existir obras melhores e outras piores, a verdade é que a diversão está sempre garantida.

Desta vez, Jill junta duas irmãs que não podiam ser mais diferentes uma da outra. Janey é uma mulher discreta que está numa fase má da vida. O seu marido desapareceu sem deixar rasto e Janey ainda não conseguiu ultrapassar esse acontecimento traumático.
Maxine é bastante extrovertida e as acções irreflectidas governam a sua vida. O impulso e a indulgência são as palavras chave na sua vida.
Por isso quando num belo dia às sete da manhã, Maxine chega a casa de Janey afirmando que quer que a sua vida tenha um novo rumo, é com uma mistura de hesitação e agrado que Janey deixa Maxine mudar-se para o seu apartamento (temporariamente).
Tudo corre às maravilhas, até ao momento em que Maxine fica com uma paixoneta pelo fotógrafo Guy Cassidy e as confusões multiplicam-se como nunca, porque Maxine irá fazer de tudo para conseguir as atenções de Guy – inclusive ir trabalhar para ele na capacidade de ama dos seus dois filhos, coisa que Maxine nunca fez na vida.

Como anteriormente referi, esta autora nunca me desilude. As suas obras são entretenimento puro e injectam o leitor de uma dose concentrada de boa-disposição. Desde os cenários caricatos, às personagens cómicas, Pura Malícia é uma obra feita para fazer rir até chorar.
E melhor ainda: vem com um final feliz, característica que nunca fez mal a ninguém e que aquece o coração de qualquer um.

Da lista de livros que já li da autora não posso dizer que este ficará entre os meus preferidos, mas de qualquer forma, não perderia esta leitura por nada – que veio no momento certo, para animar os meus dias. É caso para dizer que Jill Mansell e o seu humor vieram para ficar.

         

  

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s