O Hobbit


O mundo de Tolkien ganha vida neste livro cheio de surpresas a serem descobertas em cada página. As aventuras de Bilbo Baggins, um hobbit apreciador do conforto, e de um grupo de anões têm encantado os leitores ao longo de 60 anos contadas através das mágicas imagens a cores de John Howe. 

Didáctica, divertida é um grande incentivo à leitura para os mais pequenos e uma homenagem única e inesquecível à clássica história de Tolkien. 

Prelúdio para a trilogia O Senhor dos Anéis.
ISBN: 9789721043053 – Publicações Europa-América / 2001



Cá estou para vos falar de mais uma obra da autoria de J.R.R.Tolkien. Desta feita, trago O Hobbit, prequela da trilogia O Senhor dos Anéis. Já falei desta trilogia aqui no blogue, da qual destaco o primeiro volume.
A ordem lógica para ler este livro seria antes da trilogia, mas por questões de disponibilidade tive de ler a trilogia em primeiro lugar e só depois este pequeno livro, que nos conta a história e as aventuras de Bilbo Baggins. Nesta aventura e viagem, em particular, Bilbo irá descobrir e tomar possa do Anel Um, aquele que iria um dia mudar o destino da Terra Média. 
Assim, foi com grande interesse e curiosidade que peguei nesta pequena introdução do mundo criado por Tolkien e li-a num ápice. 

Na verdade, pouco tenho a dizer sobre a obra. Em 200 e poucas páginas, Tolkien conta-nos como é que um acto que à primeira vista parece tão inocente, irá perturbar nações inteiras e agitar os reinos da Terra Média e pôr em perigo a sobrevivência das espécies que fizeram deste território, a sua casa e o seu lar.
Já sabia ao que ia, visto que durante a trilogia existem várias menções a esta história e à forma como Bilbo veio a tomar posse do precioso. Assim sendo, não fiquei particularmente surpreendida, pois já conhecia a escrita do autor e a forma como ele constrói a sua narrativa. 

No entanto, nem por isso deixei de gostar da obra. Sempre quis ler em maior pormenor como é que Bilbo tinha encontrado o anel e o porquê. Aliás, a promessa de poder conhecer mais sobre hobbits e os seus costumes, foi também um grande atractivo.

Assim, creio que posso dizer que as minhas expectativas foram alcançadas, senão mesmo, superadas. Tive a oportunidade de rever Gandalf, que foi uma personagem que me marcou muito desde o início e tive também a oportunidade de conhecer de forma um pouco mais profunda o cerne do mundo que Tolkien criou e ao qual dedicou a sua vida e a sua energia.
Uma prequela bastante engraçada e que aguça a curiosidade para quem ainda não leu a trilogia do Senhor dos Anéis.

Aqui encontrarão as opiniões dos livros que constituem a trilogia:




Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s