Opinião – Aprendiz de Assassino


Opinião:

Este é o primeiro livro de Robin Hobb que leio. Como já alguns seguidores devem ter notado, a fantasia não é propriamente o meu género literário favorito. A culpa é das más experiências que já tive, especialmente com livros que são supostamente bastante aclamados pelos fãs deste género literário. Acontece que de há uns tempos para cá, deixei simplesmente de experimentar qualquer tipo de livro que pudesse aludir a fantasia. No entanto, em 2010 deparei-me com este livro de Robin Hobb, que me conseguiu suscitar a curiosidade apenas pela sua sinopse apelativa. Como certamente também devem saber, este livro que dá início à Saga do Assassino, publicada pela Saída de Emergência em 5 volumes, é uma das mais bem-faladas por aí. Especialmente devido às críticas que foram feitas pelo mestre da fantasia- considerado por muitos – George Martin.
Por tudo isto, deixei andar sem adquirir este livro, com receio que fosse outro fracasso, como as anteriores experiências já haviam sido. 
E posso dizer que me sinto feliz por ter gostado da experiência. 


Apesar do ritmo bastante lento de escrita, o livro acabou por ser uma surpresa para mim. As minhas expectativas encontravam-se tão no fundo, que sinceramente, também não seria muito difícil ultrapassá-las. 
A classificação que dou a este livro poderá de alguma forma revelar-se injusta, porque devo confessar que até hoje, nenhum primeiro livro de uma série me conseguiu revelar a sua potencialidade. Assim sendo, estando descansada relativamente ao facto de ter gostado deste primeiro volume, espero que os restantes me consigam surpreender ainda mais.


No entanto deixem-me dizer-vos o que mais apreciei neste volume: este livro foi uma boa introdução ao novo mundo que aqui a autora nos apresenta. Ao contrário de Anne Bishop, Robin consegue de facto explicar aos seus leitores o mundo que relata de maneira sucinta sem com isso se tornar aborrecida. Consegue manter os leitores interessados, enquanto junta ao enredo, fios de mistério que permitem a quem lê o livro, desfazer-se em teorias e desejar por ler mais até descobrir o que se encontra por trás das aparências. 
A forma como, inteligentemente, nos relata toda a política dos Seis Ducados e como funciona este território, é convincente e aliciante. 
De facto, nem dei por mim a pensar que este era um livro de fantasia, embora se possam encontrar essas mesmas características. 
O Talento é um exemplo e foi também uma das descrições que mais gostei ao longo deste livro. A caracterização desta capacidade e a compreensão do mesmo conquistou-me irremediavelmente.

Debruçando-me sobre as personagens, acho que a autora criou aqui várias personalidades que vou gostar de acompanhar. Uma delas é o par Fitz/ Moli. O Fitz, personagem principal intriga-me bastante. É inseguro e confiante ao mesmo tempo. Parece que está sempre neste equilíbrio precário, mas quando é necessário sabe ser astuto. A Moli foi uma personagem que me desiludiu. No início do livro gostei imenso do seu carácter e boa-disposição. No final, acabou por se revelar outra pessoa da qual não estava à espera. 

Outras personagens que merecem destaque são: Breu, pela sua aura misteriosa e ensinamentos curiosos – foram as minhas cenas preferidas ao longo do livro; Veracidade, príncipe herdeiro que não se preocupa apenas com política, mas preocupa-se genuinamente com as pessoas que serve e com o seu sobrinho Fitz, para quem tem sempre uma palavra bondosa. 
O bobo que me suscita curiosidade, por ser uma pessoa fechada, mas claramente amiga de quem realmente interessa. Espero saber mais sobre ele, conforme for avançando na série.

Devo dizer que nestas circunstâncias, estou bastante curiosa com o segundo volume, embora não tenha achado este livro nada de espectacular. Não me arrebatou, por assim dizer. 
Acho, contudo, que é o livro indicado para quem quer ler fantasia, mas sente-se algo receosa a experimentar este género. Permiti-me finalmente fazer as pazes com este género, embora continue bem longe de ser o meu eleito. 
Espero que o segundo volume acabe por me conquistar ainda mais, porque penso que esta série tem de tudo para ser uma leitura, literalmente, fantástica.   

Advertisements

7 thoughts on “Opinião – Aprendiz de Assassino

  1. Eu gosto muito de Fantástico mas cada um deve ler aquilo que gosta:)… Nunca li Robin Hobb mas tenho este em casa.

    Filipa, só uma pergunta. Já experimentaste George Martin? É que os livros estão inseridos no Fantástico mas As Crónicas de Gelo e Fogo começam mais como um romance histórico.É só uma sugestão não me leves a mal:p

  2. Não quis com a minha opinião dizer que não gosto de fantástico. Apenas não é a minha escolha de eleição, devido a más experiências que tive. Contudo, este acabou por ser uma boa leitura. 🙂

    Ainda não experimentei George Martin e óbvio que não levo nenhuma sugestão a mal. São sempre bem-vindas, Jojo. 🙂
    Já ouvi falar muito e muito bem, mas ainda não estou convencida.

  3. Se algum dia quiseres ler Martin, manda-me um mail que eu envio-te os livrinhos.

    PS: Eu percebi claramente que o Fantástico não era a “tua praia”… Desculpa não me expressei bem no meu comentário:) O Português é mesmo traiçoeiro! E eu às vezes caio nas suas armadilhas.

  4. Não faz mal, ora essa… Só me justifiquei para que não ficasses a pensar que não gosto deste género, ou me sinto preconceituosa … Já passaram esses tempos 😛
    Obrigada pela disponibilidade, e o mesmo digo-te a ti quando quiseres ler algo livro que eu tenha 🙂

    Cais tu e cai toda a gente que fale bom português 😀

  5. Eu gostei particularmente desta saga, mas tenho de admitir que o ritmo é bastante lento, mas eu adoro as descrições da Margaret Ogden. 😛

    Eu então não caio nessas armadilhas, porque eu falo alvoreiro!!! 😀

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s