Sugestão de Leitura – Agosto

 Primeiro que tudo quero explicar o intuito deste post. Como o título do post indica esta será uma iniciativa mensal que pretende ser de índole sugestiva. Decidi assim, todos os meses sugerir, aos leitores e seguidores d’ O Labirinto dos Livros, aquelas que são as leituras que significam algo para mim: sejam elas, um autor, um livro, uma série, etc… Pegarei então nesta pequena amostra do que é a literatura e tentareis mostrar-vos porque é que esta sugestão tem aqui lugar. Não quer dizer que a sigam, certamente, não nos podemos ocupar de todos os livros que, inexplicavelmente, nos aparecem à frente todos os dias, mas espero com isto encontrar um ponto em comum com os seguidores e sobre o qual, podemos falar/discutir. Especialmente, se isso implicar falar sobre uma coisa da qual somos fãs e que nos dá prazer.
Espero que apreciem a iniciativa e que possam vir dizer de sua justiça.


Então, este mês, para inaugurar o que irá ser neste blogue uma iniciativa mensal de sugestões literárias, escolhi uma autora muito conhecida no mundo do género literário de romance paranormal. 
Eu já li estes 8 volumes que aqui apresento, portanto deixem-me falar-vos um pouco desta sugestão que vos estou a dar. 
Esta é uma série, como já disse de romance paranormal. Para quem ainda não se sente muito familiarizado com este género e por isso tem receio de experimentar digo-vos que são livros que misturam romance, elementos sobrenaturais e, neste caso, mitologia.
A autora, Sherrilyn Kenyon, apresenta-nos o mundo dos Predadores da Noite, que são homens que protegem a humanidade dos Daimon; seres que não são conhecidos pelos humanos e que fazem das suas almas, a sua substância de sobrevivência. A cada livro que vamos lendo, vamos conhecendo mais sobre este mundo que tem muito mais para nos mostrar do que aquilo que parece à superfície. 
Cada livro individual relata a história de um casal que se insere ulteriormente, nos problemas de todo um universo vasto e complexo que a autora construiu. A cada passo vamos descobrindo mais sobre este mundo e todas as particularidades do mesmo. 
Esta série é rica em histórias de amor comoventes, mas também rica em outros pormenores, tal como é exemplo a política de um mundo que os leitores ainda não compreendem totalmente, mas que a cada livro se sentem compelidos a querer descortinar o que ali se passa.
Para quem aprecia este género, esta autora é certamente uma boa escolha. Um universo curioso, com várias ramificações, que ao fim de cada livro não perdem a graça, mas deixam-nos sim, a desejar por mais.

Quem ainda não teve oportunidade de experimentar um livro deste género, aqui tem uma excelente opção. Garanto-lhe que não poderá resistir aos Predadores da Noite. 

Este livro, Acheron, que aqui apresento à direita, também é parte integrante da série ” Predadores da Noite” e como tal também deverá aparecer na minha sugestão, mesmo tendo sido publicado por outra editora – neste caso, é a Casa das Letras. Aconselho a leitura deste livro apenas na ordem da série, porque estão sujeitos a encontrar informações sensíveis acerca de alguns personagens e mesmo pormenores sobre o enredo.
Este é, pessoalmente, um dos meus livros favoritos da série. (Realmente eu não li por ordem, mas apenas por ignorância – por isso não façam como eu).

Acabo a minha sugestão mensal, com um convite para se juntarem a mim (nos comentários ou na página do facebook) para falar sobre esta série, com algumas perguntas:

O que achou? Recomendaria estes livros aos seus amigos?
Já conhecia a autora? Tem curiosidade em ler os livros? 

Juntem-se à conversa! E já sabem que no próximo mês haverá outra sugestão.


Como nota adicional, podem encontrar o seguimento da série por ordem aqui.

Advertisements

20 thoughts on “Sugestão de Leitura – Agosto

  1. Olá Filipa! Eu já li três da saga. Não foram na ordem correcta. Li o primeiro, a seguir o quarto e depois o segundo. Acho que Kenyon tem mesmo um dom em conjugar mitologias tão díspares como a grega, a vampírica e criar livros sensuais e que nos deixam a suspirar mas que também são ridiculamente hilariantes. Simi, então, é fantástica com as suas tiradas cómicas. Curiosamente, apego-me mais as personagens secundárias como a Simi e Acheron (ainda não li o livro dele).Contudo, não consigo ler muitos de seguida. Farto-me um bocadinho. Prefiro intercalar com outras leituras.:)

    Parabéns pela iniciativa!

  2. Olá Jojo!
    Antes de mais obrigada por me desejar os parabéns. Lembrei-me de dar largas à criatividade e neste sentido, o blogue está a ser um bom desafio para mim! Esperemos que mais pessoas gostem da iniciativa.

    Quanto aos livros e à autora: concordo com tudo o que disseste. O que mais gosto nos livros é realmente a maneira como ela vai buscar o tema da mitologia e lhe dá vida. É sempre interessante podermos imaginar os Deuses com personalidades distintas e os seus defeitos.

    Curiosamente, é a parte vampírica que menos gosto, apenas por achar que é mais do mesmo. Embora ela dê uma certa originalidade ao assunto, ao trabalhá-lo de forma diferente que outros conterrâneos da literatura, este tema para mim, já me cansa, salvo raras excepções.

    Também não consigo ler os livros de seguida, embora isso aconteça praticamente com todos os livros de uma série (sendo Catherine Anderson a excepção mais recente).
    De maneira que como tu, intercalo as leituras, de forma a aproveitá-las melhor! =)

  3. Olá!
    Parece que finalmente já consigo comentar 🙂
    Bom, eu tenho de confessar que essas capas me metem medo, penso logo em romances cliché. Mas talvez dê uma espreitadela, muitas pessoas parecem gostar 🙂
    Beijinhos!

  4. Olá Laura, a única coisa que posso dizer em defesa é que são livros de entretenimento. Claro que nem toda a gente poderá gostar do mesmo.. 🙂

    Afinal gostos não se discutem.. Por isso é como digo, os livros não são uma obra de arte, para mim são é um bom entretenimento. 🙂

  5. Desta saga ainda só li o primeiro “Amante de sonho” e até que gostei. Confesso que inicialmente me fez alguma confusão a forma como a autora nos dava os pormenores todos, se é que me faço entender, mas acabei por desfrutar da leitura, pois tem romance, uma mitologia extremamente interessante e momentos deliciosos, suspirei com alguns dos gestos românticos que o rapaz dirigia à sua cara metade (já não me recordo de nomes :P). Sou um pouco da vossa opinião, são bons para entreter, mas nenhuma obra prima.

    Parabéns pela iniciativa, é bom para dares a conhecer alguns dos teus gostos pessoais e sugerires aos que estão deste lado, alguns dos autores que mais te dizem.

    Beijinhos.

  6. Também foi para mim estranho habituar-me a este tipo de leitura, Rita. Mas entretanto, já li mais autores e a novidade já não é tanta, se bem que a autora é das mais explícitas que já li.
    No entanto, como dizes o entretenimento aqui é mesmo a palavra chave. E no que eu gosto neste livros é mesmo a mitologia como referi… =)

    Tem coisas más e coisas boas, como em tudo. E para desenjoar de algum género ou tipo de leitura é capaz de ser uma boa opção. 🙂

  7. Para ser sincera ainda não havia lido muita coisa quando li esse volume, daí a estranheza. Quando pegar no segundo volume, possivelmente, já me passará despercebido, depois de tudo o que já li entretanto…

    Concordo plenamente. Lêem-se muito bem e são bons para passar um bom bocado, como afirmas. 🙂

  8. Olá Filipa.
    Como bem sabes já li todos os oito, e segui a sugestão de não ler o do Acheron sem ser na ordem ocrrecta para não ter surpresas. (Optei por não o comprar para não ter a tentação)!
    Para as meninas que ainda não conhecem ou estão na dúvida, tal como a Filipa, eu recomendo a leitura desta autora(série) a 100%! É uma das minhas séries favoritas e como tal, é uma das minha autoras de eleição.
    Tenho a certeza que após a leitura do primeiro livro não mais conseguirão parar de os ler, a não ser claro, que este não seja de todo um género que gostem!

  9. Mafi says:

    Também recomendo esta série, é ótima! Mas tentem intercalar com outros livros, eu li bastantes seguidos e ja estava farta, nem pude apreciar a leitura, pois as histórias e as personagens já me pareciam todas iguais. Mas é sem dúvida um excelente série!

  10. A capa não tem o nome mal escrito, ao ser traduzido para brasileiro, o nome da capa deve ter ficado também em brasileiro 🙂

    Ass.: Administrador do blog Predador da Noite

  11. Já reparei xD
    Eles também não devem ter estado lá muito atentos quanto às correcções no título (visto que o resultado está muito à vista xD)

    Ass.: Administrador do blog Predador da Noite

  12. Exacto, mas o que se há de fazer? Os brasileiros despistaram-se xD
    Vais ver que acabas por receber o livro do BD, só tens é de esperar um pouco mais para que venham mais ou então encomenda por outro site 🙂

    Ass.: Administrador do blog Predador da Noite

  13. Olá Guilherme, antes de mais obrigada pelo elogio! Ainda bem que segues o blogue, fico muito contente.
    O Acheron é o número 15 da saga Dark-Hunter, considerando o livro “Amante de Sonho” como livro 0.
    Ainda faltam alguns livrinhos para chegarmos ao Acheron em português. 🙂

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s