Opinião – Segue o Coração

 
Editora: Edições Asa / 2010
ISBN: 9789892310589
Formato: Capa mole
Dimensões: 155 x 235 mm
Núm. páginas: 784
PVP: 16,00€
 
Sinopse:
 
Londres, 1842. Bastará uma boa acção para levar Matilda Jennings das ruelas lamacentas de Londres rumo às cintilantes luzes da América…
Aquele podia ter sido um dia como tantos outros na vida de Matilda, uma pobre vendedora de flores. Mas aquele é o dia em que Matilda salva a vida de uma criança e recebe a mais preciosa das dádivas: a oportunidade de fugir da miséria e construir uma nova vida. Em breve trocará os bairros degradados de Londres pelos recantos misteriosos de Nova Iorque, as planícies do Oeste Selvagem e a febre do ouro em São Francisco. Munida apenas da sua coragem, beleza e inteligência, a jovem está apostada em ditar o seu destino, nem que para tal tenha de lutar contra tudo e todos.
A sua rebeldia condena-a à solidão. Mas um dia também ela viverá as emoções de um verdadeiro amor. Um amor que terá de suportar a separação, a guerra e os tormentos do nascimento de uma nova nação. Será no Novo Mundo que Matilda vai aprender o que a sua infância não lhe ensinou: que todos nascem iguais, que a coragem e a generosidade são o que de mais nobre pulsa no coração humano, e que, por mais doloroso que seja, a vida tem de continuar e nunca se deve olhar para trás…
Opinião:
Matilda Jennings, personagem principal do livro e sobre quem a autora nos fala, não tem uma vida fácil. Nascida num dos bairros mais pobres de Londres, vê o rumo da sua vida mudar  quando salva uma pequena criança de um atropelamento de uma carruagem. Assim, os pais da criança oferecem-lhe a oportunidade de ser ama da pequena Tabitha e também a hipótese de melhorar a sua condição de vida. Deixando então as suas memórias de miséria e vida de comerciante de flores para trás, Matilda vê a sua vida mudar drasticamente quando a família para quem ela trabalha se muda para a América. Mas nem assim a sua vida é coroada de sucessos e é diariamente que ela arregaça as mangas e luta por uma vida melhor, sem deixar que as adversidades a desmotivem. 
No entanto, apenas quando agarra a oportunidade de lançar um negócio em São Francisco é que Matilda vê a sua vida e a sua condição melhorar substancialmente e é a partir daqui que conhece os confortos de ter dinheiro. Mas vai aprender que o dinheiro não é tudo, nem o suficiente para fazer dela uma mulher feliz…
 
Segue o Coração – Não Olhes Para Trás é o primeiro livro da autora Lesley Pearse que leio. Devo dizer, primeiro que tudo, que esta é uma autora que nunca me chamou à atenção. A oportunidade de experimentar a autora deu-se quando em 2010 me ofereceram este livro por altura do meu aniversário.
Hoje, quase um ano depois, li finalmente este livro. E gostei. 
Creio poder dizer com certeza que este livro é o mais extenso que já li em 2011, senão mesmo nos últimos anos. É sempre com algum receio que mergulho nestas leituras extensas, porque em algumas obras vemos o autor divagar demasiado e desviar-se do tema que tem origem ao livro, ou então, simplesmente temos passagens grandes da obra em que nos aborrecemos. Não posso dizer que tenha ficado desiludida com este livro, mas certamente não o tornaria tão extenso. Houve certas passagens que apesar de serem apropriadas para o enredo, para explicar ao leitor como é que se chegou àquele ponto na história, poderiam ter sido mais condensadas e não tão extensivas. Tanta descrição num livro que já por si só, tem um assunto com vários elementos passíveis de ser explorados, acaba por cansar quem está deste lado.
Apesar de a acção do livro se iniciar em Londres no ano de 1842, são os Estados Unidos da América que acabam por, na maior parte do livro, deter a importância na história. Foi também o detalhe que mais me cativou ao longo de todo o enredo. 
A vertente histórica, característica que não tem grande apelo para mim em livros ficcionais, foi neste livro, o foco de maior interesse. 
Sinto sempre muita curiosidade sobre a História desta grande nação no período de 1800 – 1900 e foi então com muito agrado que vi  que não só esta obra se focava neste período temporal, mas também que a América tinha o papel principal. 
Durante a leitura deste livro, baseei-me num mapa que é de fácil compreensão e muito legível para imaginar por onde andavam as personagens, que neste livro aparecem. (Carreguem na imagem para ver em maior detalhe). 
 
 
Este elemento foi valioso para mim, porque melhorou a minha experiência de leitura. Com ele, quando a autora descreveu as grandes viagens que os personagens faziam e as jornadas que se realizavam, consegui ter um estímulo visual que é real e não apenas sobrecarreguei a minha imaginação. 
Este é também um período muito conturbado, em que o crescimento exponencial e a que assistimos, aliado a outros problemas e controvérsias, tal como a escravatura e o “eterno” desentendimento entre os Sulistas e os Ianques se faz notar. 
A autora conseguiu maravilhosamente falar sobre todos estes assuntos e pegou principalmente na descoberta de ouro em São Francisco, na abolição de escravatura e nas condições de vida das pessoas que nesta altura se dirigiam todos os dias para América, em números completamente impressionantes. 
O livro acaba por ser o relato da vida de Matilda e tudo aquilo que influenciou o seu caminho até ao final dos seus dias. Tudo o que é explicado, é explicado por um motivo e essa é a grande vantagem do relato da autora. 

O único elemento que me desagradou foi o excessivo número de tragédias, ou melhor dizendo, infortúnios que Matilda tem de enfrentar. Considero demasiado excessivo porque apesar de saber que a vida é difícil e há pessoas que nunca deixam de batalhar até ao último instante, não gosto de tanto dramatismo. Senti-me diversas vezes cansada de ver tragédia atrás de tragédia, sem poder vislumbrar um ponto de felicidade. Consigo compreender o porquê de a autora ter decidido fazer um relato realista, mas preferia um livro mais leve. 
No entanto, não deixa de ser comovente algumas situações porque os personagens passam e acabamos por assistir a uma história de coragem, de amor, de família e amizade, e de preserverança onde o leitor acaba por se sentir inspirado para também, na sua vida, não olhar para trás e não duvidar do caminho que a sua vida leva. 
 
É um manifesto.

Classificação: 3-5
 

Advertisements

14 thoughts on “Opinião – Segue o Coração

  1. Esta é uma autora que nunca me chamou muito á atenção, mesmo depois de ler a sinopse e a tua opinião penso que não iria mudar muito a minha opinião, no entanto também penso que é necessário estar-se com um certo estado de espirito para aperciar esta autora.
    Isto baseado-me não só na tua opinião como emalgumas outras!

  2. Olá Filipa!

    Sei que são livros bastante emocionais. Sendo que o “Nunca me esqueças” ao abordar um caso verídico, acaba por retratar muitos infortúnios, tal como ressalvas na tua opinião. Contudo, aquela perseverança da personagem e força que possui, para ultrapassá-los, faz-nos pensar sobre a nossa posição para com os problemas… Sendo das maiores lições que retiro das suas obras.

    Em relação a este livro em concreto, tal como já te havia dito o tamanho foi o que me impossibilitou de lhe pegar mais cedo, pois é gigante, comparativamente aos outros dois. 😛

    Espero que se um dia leres mais alguma coisa dela (e aconselho o “Nunca me esqueças”, que do outro não gostei tanto) gostes mais.

    Beijinhos.

  3. Catarina, normalmente até te consigo tentar encaminhar, mas confesso que acerca desta autora não te sei o que dizer. Embora tenhamos gostos parecidos e eu tenha gostado desta experiência, é uma autora com opiniões algo ambíguas. Ou se gosta ou não, pelo que me parece…
    Acho que talvez pudesses gostar deste livro, mas não quero dar certezas. Acho que não te iria encantar no entanto…

  4. Rita, foi um livro realmente emocional. Não me interpretes mal, eu gostei muito do livro… E acho que tem uma mensagem muito bonita que é manter sempre o espírito elevado e nunca desistir daqueles que são os nossos objectivos.

    Gostei também muito da escrita da autora, o que para mim foi um grande incentivo. Não são todos os autores que conseguem manter sempre o mesmo nível de escrita e manter os leitores interessados com um enredo tão extenso. Em nenhum momento senti estar a ” apanhar” uma seca… Mas se calhar, teria preferido que ela tivesse condensado algumas coisas… Não por achar que eram desnecessárias, mas porque a informação seria dada de forma mais sucinta. =)

    No entanto, este é um sentimento agridoce, porque ela fez um excelente trabalho em todo o seu relato… 😀

    Já vi esse livro em versão de bolso, estou tentada a arriscar!

  5. Percebi que havias gostado. Lamento se no meu comentário dei a entender o contrário…

    Também gosto bastante da sua escrita, consegue cativar-nos e levar-nos a querer saber sempre mais. Em relação ao tamanho, compreendo o teu ponto de vista, deve ser demasiado extenso para a estória que se propõe a contar… Pelo menos comparando com os restantes, este parece-me ser demasiado grande. 😛

    Quanto ao “Nunca me esqueças” também já vi a versão bolso e até é fofinha. 😛 Mas se um dia quiseres ler, mas não gastar dinheiro no dito, não me importo de te emprestar. É só combinar uma forma de o fazer. 😛

  6. É que o livrinho é mesmo jeitoso e o preço também é convidativo!
    Vou manter a tua hipótese em mente e depois caso me decida, contacto-te 😀

    Obrigada pela oferta, és incansável ehehe :DD

  7. Acho que talvez não seja um dos livros que te arrebate, nem que te deixe encantada a pensar apenas no livros e nas personagens, mas talvez possas gostar da mensagem que a autora deixa a todos os seus leitores…
    Foi para mim a grande mensagem neste livro! E o que mais valeu a pena =)

  8. Ás vezes nã nos ligamos com o enrendo ou com a história em si mas sim com certas mensagens e lições que os livros nos mostram. Marcam-nos de maneira diferente, consigo entender isso 🙂

  9. Por acaso até foi uma… ali a pontuação não está muito perceptível, mas aquilo não é um 3 e meio, é um 3 em 5. O travessão é tão pequeno que parece uma vírgula, bah! :$

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s